Izaura Nascimento Soares
O Sorriso De Uma Estrela
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
 
Quando tiver o perdão


Tranquei tudo na gaveta o que me fazia sofrer,
o que me desdenhava sem merecer.
Quando tiver o perdão de coração, jogarei pelo
ar para que se espalhe e encontre novas flores
para se perfumar. Falta de amor, carinho, amizade

e humor, não combinam com o meu estado de espírito.
Buscarei os caminhos férteis para agradar
o meu coração que, nunca quis ver os defeitos
nos corações duros que pensam que sabem amar.
Farei com que, esses desafetos nunca mais
perturbem um coração puro de amor.
Levarei para o mundo ilimitado, a fé e os verdes
louros de uma boa convivência.
Para aqueles que buscam o amor sem saber o que
quer, e que saiam atropelando tudo o que está na sua frente,

não merece ser chamado de amor ou coisa parecida.
Tranquei tudo na gaveta, joguei fora a chave e só abrirei num
passo de mágica, quando os meus olhos te olharem e nada sentir,
e não mais sentir meu corpo arrepiar com sua presença.
Levarei apenas as lembranças dos bons momentos
que juntos passamos sem nos preocuparmos com o tempo

que indicava que já era hora de partir.
Estou partindo, para encontrar-me com um novo
jardim que possa abrilhantar-me com seu perfume,
mas deixarei minha mensagem para que, um dia,
você se lembre que é, e será um ser muito amado!


 

Izaura N Soares
Enviado por Izaura N Soares em 25/01/2012
Comentários